«Cheques-aborto»

Terça-feira, 26 Dezembro 2006 às 12:14 am | Publicado em Política | 2 comentários

Correia de Campos, anunciou que vai fornecer «cheques-aborto»…

…às mulheres que, tendo razões previstas pela lei para interromper a gravidez, não conseguem que a operação seja feita em contexto hospitalar público, porque os médicos que lá trabalham alegam «objecção de consciência».

Face a isto, o ministro, indignado, dispõe-se a passar um vale para o “privado”, onde pelos vistos não há ninguém com este tipo de escrúpulos morais. Sendo tudo isto verdade, estaríamos perante um cenário extraordinário. Diria mesmo que o ministro tinha um azar dos diabos: então o infeliz tem um sistema de saúde apinhado de gente que recebe do Estado, mas não cumpre as suas leis, e do outro todos aqueles que não hesitam em interromper uma gravidez? Um tal atentado à teoria das probabilidades choca. E surpreende, sobretudo porque a grande maioria dos médicos que trabalham no “público” é também aquele que, à tarde, transita para consultórios e clínicas privadas. Serão apenas objectores até ao som das doze badaladas, libertando-se de preconceitos da parte da tarde? Nesse caso bastava ao ministro mudar-lhes o horário do turno! Ou será que há consciências que podem ser compradas com um bónus extra vencimento fixo? E haverá condições para garantir que quem recebe esses cheques seja exigente e cumpra a outra parte da lei, aquela que prevê que o aborto seja a oportunidade de acompanhar e esclarecer a grávida, entendendo que lhe cabe responsabilizar-se pela sua vida sexual – e que o aborto não é um método contraceptivo?

Sem esta parte cumprida, o ministro bem pode passar o resto da vida a emitir cheques e a ser cúmplice de uma situação que mesmo os movimentoos a favor do aborto livre até às dez semanas garantem não desejar.

Isabel Stilwell, in NM

Anúncios

2 comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Sabes, a.castro? Este governo está mesmo cheio de “abortos”! A verdade é que tudo pode acontecer. Esta escumalha consegue arranjar negócios e mais valias em todo o lado. Se os médicos dos hospitais públicos se recusarem a fazer abortos, as mulheres que não puderem pagar, terão de recorrer de novo ao aborto clandestino. Mas não acredito que isto vá acontecer… seria demasiado absurdo!
    Deixo-te aqui um mail que recebi, apenas para sorrires um pouquinho (aqui devia ficar um smile, mas não sei como fazer isso) Fica então um beijo.

    Entrevista de rua:

    M: O que pensa do aborto?
    R.: Acho que devia ter menos ministérios.

    M: Acha que o aborto deveria ser legalizado?
    R.: Ah?!»

    M: Está de acordo com o aborto?
    R.: Eu cá não concordava com o que ele dizia quando estava em campanha…

    M: Concorda com o facto de haver gente a ser julgada por causa do aborto?
    R: Não, acho que devia ser o próprio a assumir as coisas que fez ao contrário do que prometeu.

    M: Já fez algum aborto?
    R.: Já, hoje está na política. Depois também tive filhos.

    M: O que acha de o aborto ser punido apenas com multa?
    R.: Acho uma injustiça: a mim, se me apanharem a conduzir com os copos, dão-me cana efectiva…»

    M: Estava de acordo com o aborto aquando do referendo?
    R.: Não, só votei nele depois, nas legislativas. Não percebi o que se passou depois…

  2. Kerida magnolia, Concordo com o teu comentário, que complementa bem o meu post, e de facto deu para sorrir mais até do que um pouquinho :lol:
    Só não concordo (beijo) que digas que não sabes como fazer um smile, porque sabes mesmo (no blogspot não, mas aqui é fácil). Se quiseres ensino-te, queres? ;)
    A “Entrevista de rua está excelente, como podes ver pelos smiles: :) :) :) :) :)
    Mas o beijo que deixas é ainda mais doce, por isso mereces mais: mil beijos, com estrelinhas, gostas? ;)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: